UMA BUSCA PELA GEOGRAFIA

06/07/2013 16:42

Para entender o mundo,

De mazelas e magias,

De encantos e desencantos,

Busquei a geografia.

O homem produz e reproduz...

Forma, transforma e deforma...

A dinâmica social não é fantasia

Para enxergar tudo isso

Busquei a geografia.

O passado, o presente e o futuro,

Tempos e eras de um mundo obscuro

De faces sombrias, onde poucos têm primazias,

Para saber o porquê,

Busquei a geografia.

Evolução, desigualdades, poluição,

O progresso tem alto custo.

Deixa o homem à revelia

Para encarar tudo isso,

Busquei a geografia.

Ciência, construção de conhecimentos,

Inovações salutares, saberes populares.

Tecnologia que chega pelos ares,

Espargindo alegria,

Para alcançar tudo isso,

Busquei a geografia.

Tenho, logo sou.

Consumo, logo existo.

Consumismo doentio

O capitalismo que escraviza e vicia

Para alertar-me sobre isso,

Busquei a geografia.

Entre a matemática,

A física,

A química,

E a biologia,

Prefiro, de longe, estudar a geografia.

(Adenildo Bezerra, professor, pesquisador e acadêmico da ALAC.)

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!