TRABALHADOR RURAL

06/07/2013 16:39

Suas mãos calejadas pelo cabo na catana,

O suor que escorre do seu rosto fertiliza a terra

Sua previsão do tempo é infalível,

Orienta-se pelo sol e pela lua com a mesma precisão de uma bússola.

A pele envelhecida pelo sol compensa-se pela experiência de quem vivencia a sabedoria proporcionada pela escola da vida.

Sua arte é plantar. Sua missão é cultivar. Seu desígnio é colher.

Sacia sua fome com a esperança infinita e um entusiasmo invejável.

Para o trabalhador rural seu maior patrimônio é o seu pedaço de chão, pois é de onde tira o pão que o alimenta.

Além de cultivar o solo, cultiva princípios, respeito, sonhos e amizades.

Gosta de prosear, de ouvir e ser ouvido,

Trabalhador rural, homem humilde, de uma gentileza sem igual,

Simplicidade à toda prova, humildade e serenidade. Tens uma alma generosa.

 

Adenildo Bezerra, professor e membro da ALAC.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!