O rio da minha cidade

03/04/2014 17:33

O rio da minha cidade é...

Mais formoso do que o Danúbio,

Mais caudaloso do que o Volga,

Mais cheiroso do que o Tietê,

Meu rio, não é o Nilo,

Mas é uma dádiva,

Pode crer!

O rio da minha cidade,

É maior do que o Tâmisa,

Mais belo do que o Sena,

Porque é o rio que mata a minha a sede,

Ah! O meu rio, é coisa de cinema.

O rio da minha cidade não é o Ganges,

Mas tem o poder da cura,

Pois ele mata a secura,

Que assola o meu torrão.

O rio da minha cidade não é o Jordão,

Mas, sobre ele, Jesus estendeu a mão!

O meu rio é um querubim,

A salvação do Arari,

O rio da minha cidade, sim,

É o Mearim!!! (Adenildo Bezerra, professor).

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!