Arari realiza encontro sobre conhecimentos do uso de agratóxicos

11/01/2012 17:29

O município de Arari, através do Departamento Municipal de Meio Ambiente (DEMMAM) e da Secretária de Agricultura, Produção e Abastecimento, realizou nesta quarta-feira (11), o "1º Encontro Arariense sobre o Conhecimento do Uso de Agrotóxicos". O encontro ocorreu no auditório do polo da UEMA - Universidade Estadualdo Maranhão - em Arari, e contou com a participação de universitários, professores, representantes de entidades e movimentos sociais, representantes da Secretaria Municipal de Saúde, da Defesa Civil do Município, representada pelo professor Edson Batalha, agricultores e técnicos agrícolas.

O evento iniciou com a palestra do Dr. Reginaldo Santos, engenheiro agrônomo e pesquisador, que expôs aos presentes a diferenças que existem entre a agricultura de subsistência e a agricultura comercial, no tocante ao conhecimento e uso de produtos químicos como insetcidas e herbicidas. Dr. Reginaldo disse ainda que falta uma fiscalização ou um órgão municipal com essa função, para além de fiscalizar, orientar e repassar conhecimentos aos agricultores sobre o manejo seguro dos agrotóxicos.

O representante e agrônomo do Grupo B.B Mendes, Francisco da Silva, disse que existe um controle rigoroso sobre o uso de agrotóxicos nas lavouras mecanizadas cultivadas em Arari e Vitória do Mearim, e disse que os impactos desses prdutos na natureza são ínfimos. O professor Alex Fabiano, que também é agricultor, disse que a agricultura mecanizada não despeja águas contaminadas no Rio Mearim e que os agrotóxicos, se forem manuseados adequadamente e de acordo com as normas da ANVISA, não deixam resíduos no solo.

O professor e representante da Defesa Civil em Arari, Edson Batalha, fez alguns questionamentos relevantes sobre a segurança ambiental dos agrotóxicos. Os mesmos questionamentos foram feitos pelas representantes da Saúde Pública de Arari, Elioneide Bastos e Carla Roberta. A professora Eulina Pötker, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Arari, disse que é preciso que se invista na agricultura orgânica, como uma alternativa contra o uso de agrotóxicos nas lavouras.

O encontro foi intermediado pelo professor Cleilson Fernandes, que, ao final, fez um balanço sobre a importância do mesmo e sobre a qualidade do debate.

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!