Administradores de Arari

28/05/2013 09:45

                                           

 Desde a emancipação política de Arari, em 1864, Arari foi administrado por dezenas administradores, alguns governaram por mais de uma vez, sendo eles: Belizário Duarte Fernandes, com dois mandatos; Antonio Anísio Garcia, com dois mandatos; Rui Fernandes Ribeiro Filho, dois mandatos seguidos; e Leão Santos Neto, com quatro mandatos, três eleitos diretamente pelo povo e um por ação judicial, mandato este que durou dois anos e dois meses. Arari sempre teve eleições conturbadas. Uma até descaradamente fraudulentas. No decorrer da nossa história política de 149 anos, houve um período em que chegamos a ter dois prefeitos administrando a cidade, uma dualidade administrativa, entre Marcelino Eduardo Chaves e Lucílio Quintino Fernandes. Durante os primeiros anos da Proclamação da República, ocorrida em 15 de novembro de 1889, Arari foi administrada por “Conselhos de Intendência”. O integrantes desses Conselhos eram indicados pelos Interventores (governadores à época) do Estado. Os prefeitos eram exonerados à medida que passavam a contrariar os Interventores.

Abaixo citamos todos os nobres Alcaides com a duração de seus respectivos mandatos:

  • José Antonio Fernandes                         1864-1869
  • José Antonio de Oliveira                          1873-1879
  • Antonio Francisco Cardoso                     1880-1889
  • José Pedro de Sousa assume a presidência do Conselho de Intendência, em 21 de Janeiro de 1890, um ano após a Proclamação da República. No mesmo ano, 1890, o Cel. Pedro José de Ericeira assume a Presidência do Conselho de Intendência Municipal. Em 11 de Abril de 1890, o Major Pedro Nunes Cutrim (Major Cutrim) assume a presidência do referido Conselho. Ainda no ano de 1890, dia 2 de agosto, quem assume a presidência do Conselho de Intendência é o senhor Filomeno dos Anjos Chaves. Além de presidente do Conselho de Intendência, José Pedro de Sousa foi, também, deputado estadual.
  • Francisco de Paula Bogéa elege-se Intendente de Arari, sendo o primeiro administrador eleito após a extinção dos Conselhos de Intendência. Francisco de Paula governou entre os anos de 1892-1895.
  • Vicente Ferreira Rodrigues                                1896-1900
  • Belizário Duarte Fernandes                                1901-1904
  • Raimundo Antonio da Costa Fernandes              1905-1908
  • Belizário Duarte da Costa                                  1909-1911
  • Marcelino Eduardo Chaves                                 1912-1915
  • Lucílio Quintino Fernandes                                 1915-1918
  • Herculano Olimpio Ericeira                                 1918-1921
  • Antonio Anízio Garcia                                        1921-1925
  • Mateus Vieira Oliveira                                        1925-1930
  • Cipriano Ribeiro dos Santos                               1930 (não terminou o mandato por causa da Revolução de 1930)
  •  Gentil Gomes                                                                 1930 (ficou apenas quatro meses no poder)
  • Virgílio de Almeida                                            1931 (foi exonerado do Cargo de Prefeito em 18 de agosto pelo então governador do Estado, Joaquim de Aquino Corrêa);
  • Custódio Chaves Bogéa                                      1931 (não terminou o mandato, ficou no poder até o final de 1931)
  • Pedro de Alcântara Fernandes                            1931-1932                                                    
  • Francisco Pimenta Bastos                                  1932-1933
  • João de Lemos (segundo informações do historiador, João Francisco Batalha, contidas em seu livro “Um Passeio pela História do Arari”, 2011, p.100; João de Lemos teria governado o Arari entre os anos de 1916-1918).

                                       

  • Ari Guterres

 

  • Antonio Anísio Garcia                                         1933-1945
  • José Aureliano do Vale                                       1945-1950
  • Justina Fernandes Rodrigues                               1950-1955
  • Antonio de Jesus dos Santos                              1955-1960
  • Maria Ribeiro Prazeres                                        1960-1965
  • Raimundo Sousa Fernandes                                1965-1970
  • Raimundo dos Mulunduns Prazeres                     1970-1974
  • Benedito de Jesus Abas                                     1974-1977
  • Domingos Aprígio Batalha                                   1977-1982
  • Leão Santos Neto                                               1980-1988
  • Horácio da Graça de Sousa Filho                         1988-1992
  • Leão Santos          Neto                                      1993-1996
  • Rui Fernandes Ribeiro Filho                                  1997-2004
  • José Antonio Nunes Aguiar                                   2005-2006 (não concluiu o mandato por ter sido cassado pela justiça, acusado de abuso de poder econômico)
  • Leão Santos Neto                                              2006-2012
  • Djalma Melo Machado                                       2013-2016

Como podemos perceber na relação acima, tivemos apenas duas prefeitas. Outro fato curioso é que tivemos apenas um prefeito cassado em toda história político-administrativa do município de Arari. Não encontramos informações sobre o mandato Ari Guterres. O mandato do atual prefeito, Djalma Melo, está sendo contestado na Justiça.

 

REFERÊNCIA

BATALHA, João Francisco. Um Passeio Pela História do Arari. São Luís, 2011.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!